Pesquisar por

Deixe ir quem nunca mereceu ficar

Uma coisa que precisamos fazer para a nossa própria felicidade é nos amar e nos valorizar. Não podemos ficar esperando ou dependendo de alguém para nos dar algo que temos que ter plena consciência. Muitos relacionamentos complicados acontecem justamente por causa dessa ausência do amor próprio, portanto, antes de amar alguém, ame-se primeiro e saiba valorizar aquilo que tem de melhor, se você não é capaz disso, quem será?

Falando assim parece algo muito simples. Eu sei, compreendo e sei também que amar-se e valorizar-se não é uma das tarefas tão simples que temos pela frente, contudo, é algo que precisamos ir aprendendo e desenvolvendo na medida de nosso possível. Podemos conseguir isso de alguém, mas gera dependência e com o tempo, o nosso parceiro pode perceber essa nossa falha e abusar de nossa fraqueza.

Precisamos compreender que neste mundo existem boas pessoas, mas também pessoas que não podem ver uma brecha que acabam se aproveitando para sambarem sobre nós. Por isso, tenha plena consciência que, se você sofrer por causa de outro alguém, não reclame para as pessoas da pessoa, mas sim de você mesma que permitiu tal abuso. Não somos forçados a aturar ninguém que não nos traga nada de bom. Tudo bem, a pessoa tem suas qualidades? Todos nós temos, mas por mais perfeito que possa ser, ninguém deve ficar com alguém que nos menospreza e nos pisa sem dó e nem pena.

É duro? Sim, claro que é… Mas, precisamos pensar na pessoa que estará ao nosso lado amanhã e depois de amanhã. Aquela pessoa que ouve e entende nossos pensamentos melhor do que qualquer outra pessoa. Sabe quem é? Somos nós mesmos. E precisamos nos respeitar em primeiro lugar. Tudo bem, você amargou sete anos de solidão, rezou para os céus pedindo alguém, não detesta mais o dia dos namorados por que tem alguém ao seu lado… Tudo bem… Tudo isso é muito lindo e importante, mas… Qual o preço que paga por isso? Será que destruir sua autoestima, se forçar a ficar com alguém que lhe trata mal compensa? Ou pior, alguém que sabe, não está nem ai para você? Hum?

Por mais complicado e doloroso que possa ser, é preciso deixar partir aquele que nada nos traz de bom… Tudo bem, ele é bom de cama e faz você subir pelas paredes? Lindo, diz pra ele me passar a receita por favor? Mas, pense, chega um momento nos relacionamentos que a parte sexual chega ao fim e tudo que fica é a parte psíquica, de companheirismo, aquela coisa de amor verdadeiro sabe… Que vai além do que compreendemos, entendemos e mesmo assim, queremos passar por cima. E o amor é algo bem diferente do que entendemos hoje… Viver é aprender…

E nada melhor do que aprender e colocar em prática em nosso agora… Por isso, será que essa pessoa ao seu lado merece realmente estar ao seu lado? O que ela lhe traz de bom? Será que ela realmente lhe traz algo? E amanhã? Quando tudo estiver diferente do que é agora? Quando seu corpo começar a demonstrar os anos de existência… Será que ele vai continuar ao seu lado te querendo como agora? Em um relacionamento, tudo é consequência do companheirismo, o sexo principalmente… E quando estamos em um relacionamento, chega um momento que a pessoa deixa de ser apenas um amante, mas torna-se nosso melhor amigo, aquele que existe para nos colocar pra cima, para nos impulsionar adiante e para não deixar nossas lágrimas rolar.

E se você não tem algo assim em seu relacionamento, nada melhor do que cortar o mal pela raiz e não permitir ficar aquele que nunca mereceu ficar, você é uma pessoa extraordinária e única e por mais únicos que sejamos, mais cedo ou mais tarde, aparece alguém, aquela tampa de panela que, muitas vezes, acaba chegando, mas que não podemos experimentar por estarmos tentando nos tampar com uma um pouco maior… Pense nisso… Às vezes é melhor amargar a solidão do que amargar com alguém ao nosso lado que está ali por não termos nada melhor para colocar no lugar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *